Representante das prestadoras de serviços de telecomunicações é reeleito vice-presidente do Conselho Consultivo da Anatel

anatelBrasília, 29 - O Conselho Consultivo da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) reelegeu hoje para a presidência do órgão Cláudio Marcelo Siena, presidente da Redetelesul e representante de provedores de internet. Também na sessão de hoje, foi reeleito para o cargo de vice-presidente do Conselho Consultivo o diretor-executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e do Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), Eduardo Levy, representando as entidades de classe das prestadoras de serviços de telecomunicações.

A reunião de hoje do Conselho Consultivo foi conduzida pelo presidente da Anatel, João Rezende, e prestigiada também com a presença dos conselheiros Marcelo Bechara e Rodrigo Zerbone. O Conselho Consultivo é um órgão de assessoramento do Conselho Diretor da Anatel e tem entre suas atribuições a de opinar sobre regulamentos importantes do setor de telecomunicações, como o Plano Geral de Outorgas (PGO) e o Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) dos serviços de telefonia fixa. O órgão também tem função de apreciar os relatórios anuais do Conselho Diretor e requerer informação e fazer proposição a respeito de ações do Conselho Diretor.

Leia mais...

Prestadoras de telefonia reforçam compromisso com projetos de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental

sustentabilidadeBrasília, 20 - Num momento em que o mundo tem os olhos voltados para as discussões sobre desenvolvimento sustável do Planeta na Conferência Rio+20, as prestadoras de serviços de telecomunicações no Brasil reforçam seu compromisso com a sustentabilidade e com projetos de responsabilidade socioambiental.

Desenvolvimento sustentável- As Telecomunicações do Brasil, muito além de proverem mais de 329 milhões de acessos nos serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV por assinatura no Brasil – por meio de uma rede de mais de 240 mil quilômetros de multifibras ópticas em todo o País – são essenciais, singulares e estruturantes do desenvolvimento sustentável com inclusão social.

Leia mais...

SindiTelebrasil apresenta Agenda Legislativa do setor de telecomunicações

agenda 2Documento identifica projetos em discussão na Câmara e no Senado nas áreas tributária, econômica, ambiental, operacional, de segurança e de relações de consumo

Brasília, 12 - O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Pessoal e Celular (SindiTelebrasil) lançou ontem, em Brasília, a Agenda Legislativa 2012 do setor de telecomunicações. O documento, que está em sua segunda edição, traz posicionamentos das prestadoras sobre temas relativos às telecomunicações em discussão no Congresso Nacional. A Agenda foi apresentada a deputados e senadores e entregue, pela direção do SindiTelebrasil, aos presidentes da Câmara, deputado Marco Maia, e do Senado, senador José Sarney.

No documento, o SindiTelebrasil identifica uma série de projetos nas áreas tributária, econômica, ambiental, operacional, de segurança e de relações de consumo, por exemplo, que merecem especial atenção do setor. Entre os temas relacionados, ganha destaque a necessidade de se reduzir e simplificar a carga tributária incidente sobre os serviços de telecomunicações para incentivar a competitividade e desonerar o cidadão brasileiro, que sofre com os mais altos tributos do mundo.

Leia mais...

SindiTelebrasil apresenta sugestões aos regulamentos de qualidade

Brasília, 17 O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil)  apresentou à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) suas ponderações sobre os regulamentos de gestão da qualidade do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) e do Serviço Móvel Pessoal (SMP). Em sua contribuição à consulta pública 2/2012, em que o órgão regulador abriu espaço para a manifestação da sociedade, o SindiTelebrasil questiona a viabilidade técnica e econômica das metas definidas, chama a atenção para o fato de que essas exigências não são feitas em nenhum lugar do mundo e alerta para o risco de aumento do custo dos serviços, exatamente em um momento em que a banda larga precisa de incentivos para ser expandida no Brasil.

O serviço de telefonia celular, por exemplo, tem características que inviabilizam o alcance de algumas metas definidas para o segmento. O acesso à internet pela rede móvel em qualquer lugar do mundo envolve fatores externos e muitas vezes de difícil previsão, como quantidade de usuários conectados e distância do cliente em relação à antena (ERB).

Leia mais...

Emissão de Guias GRCS

cadastre sua empresa

Receba nossas novidades

Rio de Janeiro - RJ

Avenida Pasteur, 383 - Urca
Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22290-240

Tel.: +55 (21) 2244-9494 - Fax:+55 (21) 2542-4092

Brasília - DF

SCN Quadra 1, Bloco F - Ed. América Office Tower
8º andar - Brasília - DF - CEP: 70711-905

Tel: +55 (61) 2105-7455