Furtos de equipamentos de telecomunicações prejudicam a sociedade

dreamstime xl 15862099Casos chamam a atenção pelo volume e recorrência, com 5 milhões de consumidores afetados anualmente devido a cerca de 5,6 mil interrupções de serviços causadas por furto

Brasília, 23/08/16 – Cerca de 5 milhões de clientes de telecomunicações têm seus serviços interrompidos a cada ano em função de furtos e roubos de cabos, rádios transmissores e equipamentos de redes. Esses atos de vandalismo prejudicam não apenas os consumidores, comprometendo serviços essenciais para toda a sociedade e os diversos segmentos da economia que dependem das telecomunicações, como também as empresas do setor. O tema foi discutido hoje em audiência pública da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados.

Leia mais...

STF decide que é competência dos Estados instalar bloqueadores de sinal em presídios

antenaBrasília, 04/08/16 – A responsabilidade pela instalação de bloqueadores de sinal de celular em presídios é dos Estados e não das prestadoras de telecomunicações, assim como diz a Constituição e a Lei de Execuções Penais. Esta foi a decisão de ontem do Supremo Tribunal Federal (STF), ao considerar inconstitucionais leis dos estados da Bahia, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina, que transferiam essa responsabilidade às prestadoras de serviços de telefonia.

Leia mais...

Nota à imprensa 02/05/2015

whatsappAs prestadoras de serviços de telefonia móvel, representadas pelo SindiTelebrasil, receberam nesta segunda-feira (2) intimação judicial e cumprirão determinação da Justiça para suspender temporariamente o aplicativo WhatsApp, em todo o território nacional. A determinação foi expedida pelo Juiz Marcel Maia Montalvão, da vara criminal de Lagarto, em Sergipe, e prevê o bloqueio do aplicativo pelo prazo de 72 horas. O processo de bloqueio começa a ser feito a partir das 14h de hoje.

Operadoras expandem sistema de cadastro de celulares bloqueados

dreamstime xl 16360248Cadastro criado há 16 anos pelas prestadoras de telefonia celular é ferramenta para evitar o uso indevido de aparelhos roubados, furtados e extraviados

Brasília, 08/03/16 – As operadoras de telefonia móvel investiram R$ 2 milhões para incluir novas funcionalidades e novas facilidades para seus clientes no sistema que registra os celulares bloqueados por roubo, furto ou extravio – o Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI). As novas funcionalidades preveem uma integração automatizada do sistema com órgãos de segurança pública (Polícia Federal e Polícias Civis Estaduais), o que permitirá o bloqueio do aparelho também a pedido da autoridade policial quando o usuário, vítima de um furto ou roubo, realizar o registro da ocorrência.

Leia mais...

Emissão de Guias GRCS

cadastre sua empresa

Receba nossas novidades

Rio de Janeiro - RJ

Avenida Pasteur, 383 - Urca
Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22290-240

Tel.: +55 (21) 2244-9494 - Fax:+55 (21) 2542-4092

Brasília - DF

SCN Quadra 1, Bloco F - Ed. América Office Tower
8º andar - Brasília - DF - CEP: 70711-905

Tel: +55 (61) 2105-7455